Burnout: Técnicas psicológicas para evitar o esgotamento




O burnout é um síndrome que caracteriza stress associado ao trabalho. Na grande parte das vezes, ocorre ao fim de um período longo (vários anos) de exposição a factores de stress no local de trabalho. Embora não seja uma doença, tem sintomas sérios.


Sofro de burnout? Veja se os seguintes sintomas batem certo com o que sente

  • Sensação extrema de cansaço físico e emocional
  • Não consegue ter uma boa noite de descanso, acorda sempre cansado ou cansada
  • Sensação de desespero e perda de controlo
  • “Dormência emocional” e cinismo
  • Tratar outras pessoas de forma fria
  • Depressão e ansiedade generalizada
  • Como combater o burnout ou esgotamento?

De seguida algumas dicas para evitar o burnout ou começar a sair do esgotamento.


Procurar equilíbrio entre a vida privada e o trabalho

Realisticamente, muitas vezes o burnout começa quando as pessoas passam demasiado tempo no trabalho. Muitas horas extra não planeadas, deadlines que obrigam a ficar só mais um pouco, levar trabalho para casa, receber chamadas e emails de trabalho ao fim de semana. Todas estas horas que deviam ser de descanso ou para usar em outras tarefas criativas são importantes para restaurar o seu bem estar. Por isso, não prescinda delas.


Impor limites no trabalho

O termo da moda é boundaries… ou limites! Muitas vezes, quando começamos um novo emprego, queremos demonstrar a nossa motivação e vontade de lá estar ao fazer mais do que aquilo que nos compete. Fazemos mais horas, fazemos trabalho de colegas, etc. A melhor forma de cortar o mal pela raiz é definir exactamente com os seus superiores o que vai fazer e quando.


Procurar sentir auto-eficácia

Auto-eficácia é a sensação de cumprimento de objetivos, bem como a confiança de que pode cumprir objetivos e tarefas importantes no seu local de trabalho. O oposto da auto-eficácia é a sensação de perda de controlo e de que as funções que executa não têm propósito algum. Isto muitas vezes resulta em falta de motivação no trabalho, desânimo e, sim, burnout. Se o que faz não tem nenhum propósito para si, procure mudar de emprego ou mudar de área dentro do mesmo emprego.



Procurar apoio psicológico


Se está a ter dificuldades em sair do burnout, ou acha que está a caminhar nesse sentido, não espere mais! Procure apoio psicológico de profissionais que lhe transmitirão as melhores técnicas psicológicas. Procure consultas de psicologia no porto ou consultas de psicologia em lisboa e saiba quanto custa uma consulta de psicologia.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Como combater a depressão na adolescência?

Como ocupar saudavelmente as crianças?

Quais são os documentos necessários para ser um trabalhador-estudante?