Mensagens

Caminhadas ou corridas? Qual é a mais eficaz?

Imagem
Henry Xu Tanto caminhar como correr são exercícios aeróbicos. Este tipo de exercícios aumentam a quantidade de oxigénio que o corpo consome, por isso facilitam a eliminação das toxinas armazenadas nos músculos. Fazer exercícios aeróbicos aumenta a nossa capacidade pulmonar e, ao longo do tempo, também a nossa resistência. Mas qual dos dois é mais eficaz: caminhadas ou corridas? É sempre muito difícil dizer o que é “mais eficaz”, porque isso varia consoante os seus objetivos. Por isso é que é tão importante contar com um personal trainer , que prepara um plano de treino especificamente para si, para os seus objetivos e estilo de vida. No entanto, há algumas diferenças entre as caminhadas e as corridas que podem ajudar a perceber qual é o melhor para si. Evidentemente, as corridas são um exercício com mais intensidade. Portanto, pode ser mais indicado para perder peso ou manter o peso . Além disso, ajuda a regular as hormonas e a diminuir o apetite. O exercício físico moderado ou mais

Como regular a minha alimentação? O que devo fazer?

Imagem
A maioria de nós tem preguiça de cozinhar. Depois de um dia de trabalho, a última coisa que nos apetece é tirar vegetais do frigorífico, tirar três panelas e fazer uma refeição completa. É muito mais fácil abrir uma lata de atum, comer comida pré-preparada, aquecer uma pizza ou encomendar! Mas se quer regular a sua alimentação para ter um estilo de vida mais saudável, precisa de fazer uma reeducação alimentar. Como fazer uma reeducação alimentar? A reeducação alimentar implica mudar o seu comportamento alimentar. Em primeiro lugar, precisa de falar com um nutricionista para saber quais são as escolhas mais saudáveis, mesmo que coma fora de casa ou que esteja à procura de refeições rápidas. Também deve aprender a planear as refeições e a preparar pratos que possa fazer rapidamente durante a semana. Claro que é difícil mudar a sua alimentação “de repente”, por isso vai começar por pequenos passos. Por exemplo, começar a inserir a fruta em snacks ou em refeições para começar a comer 2-3

Como ocupar saudavelmente as crianças?

Imagem
Artem Kniaz Não quer que os seus filhos estejam sempre no tablet, a jogar? Não quer crianças que não se mexem e ficam “batatas de sofá”? Veja aqui como ocupar as crianças com actividades saudáveis! Exercício físico/ desporto O exercício físico e o desporto (natação, futebol, basquetebol, artes marciais, etc) são uma excelente forma de fazer com que as crianças gastem energia. Ao mesmo tempo, previne um estilo de vida sedentário: casa-escola, escola-casa, sempre sentados na secretária, no assento do carro ou no sofá. Se quiser, até pode começar a fazer exercício em família com a ajuda de um personal training no Porto ou um personal training em Braga . Brinquedos didáticos Se o seu filho costuma ficar com uma ama ou babysitter , é importante ter brinquedos que não sejam o tablet ou os videojogos! Procure brinquedos mais didáticos, se possível em materiais naturais (como madeira). Para os mais velhos, há puzzles, scooters, carrinhos e cozinhas de madeira. Para os mais pequenos, há arcos

Ageismo: o que é?

Imagem
“Ageismo” (do inglês “ageism”) é um conceito que se refere a atitudes discriminatórias ou preconceito em relação a pessoas mais velhas. Por exemplo, uma empresa que não quer contratar pessoas com mais de 50 anos está a ser “ageísta” e preconceituosa. O mesmo acontece quando achamos que alguém “não tem idade” para fazer uma determinada coisa ou usar uma determinada roupa. Há vários motivos que podem levar a este tipo de preconceitos. No entanto, é inegável que o ageismo é um sintoma da forma como a nossa sociedade lida como o envelhecimento. Apesar de sermos uma sociedade cada vez mais envelhecida, existem muitos estereótipos com base na idade. Quando alguém deixa de trabalhar e sai da “população activa”, o risco de discriminação aumenta. A melhor forma de combater o ageismo é, portanto, compreender melhor todas as fases da vida. O envelhecimento é um processo natural e o corpo muda, com tudo o que isso acarreta: rugas, perda de audição, perda de mobilidade, etc. No entanto, isso não

Quais são os documentos necessários para ser um trabalhador-estudante?

Imagem
Headway Trabalha e estuda ao mesmo tempo? Então, tem direito a usufruir do estatuto de trabalhador-estudante . Na universidade, o estatuto de trabalhador-estudante elimina a frequência obrigatória. Além disso, permite-lhe candidatar-se a um número ilimitado de exames durante a época de recurso. Mas não só! Ser trabalhador-estudante também lhe dá benefícios no trabalho. Se faz um horário completo, tem direito a uma dispensa de 6 horas semanais. Se trabalhar em part-time (por exemplo, 30 horas semanais), tem direito a 4 horas semanais. Saiba mais sobre os direitos dos trabalhadores-estudantes . Portanto, a única questão é só: quais são os documentos necessários para ser um trabalhador-estudante? Se é trabalhador estudante, deve informar-se na instituição de ensino sobre quais são os documentos necessários. Normalmente esta informação está disponível no website, mas também pode confirmar na secretaria. A maioria das universidades pede os seguintes documentos: Os trabalhadores por conta

Como usar a inteligência emocional?

Imagem
Bret Kavanaugh A inteligência emocional pode ser uma arma poderosa em várias situações. Veja aqui como usar a inteligência emocional a seu favor: 1. Melhorar o seu desempenho no trabalho Se tiver uma inteligência emocional muito desenvolvida, é mais fácil lidar com os pequenos atritos e frustrações do dia a dia. Numa situação de trabalho, há sempre muitos egos em jogo e um verdadeiro líder de equipa tem sempre uma inteligência emocional apurada. Normalmente, a inteligência emocional implica conhecer-se muito bem a si própria, nem que precise de fazer psicoterapia ou consultas de psicologia. 2. Lidar com momentos de crise Também pode utilizar a inteligência emocional para lidar com momentos de crise. Saber ler bem a situação e todos os intervenientes pode ajudar a ultrapassar problemas e obstáculos. Se está a passar por um momento mais complicado e sente dificuldade em lidar com a pressão, procure consultas de psicologia em Setúbal , consultas de psicologia em Lisboa ou na sua zona. 3

Burnout: Técnicas psicológicas para evitar o esgotamento

Imagem
O burnout é um síndrome que caracteriza stress associado ao trabalho. Na grande parte das vezes, ocorre ao fim de um período longo (vários anos) de exposição a factores de stress no local de trabalho. Embora não seja uma doença, tem sintomas sérios. Sofro de burnout? Veja se os seguintes sintomas batem certo com o que sente Sensação extrema de cansaço físico e emocional Não consegue ter uma boa noite de descanso, acorda sempre cansado ou cansada Sensação de desespero e perda de controlo “Dormência emocional” e cinismo Tratar outras pessoas de forma fria Depressão e ansiedade generalizada Como combater o burnout ou esgotamento? De seguida algumas dicas para evitar o burnout ou começar a sair do esgotamento. Procurar equilíbrio entre a vida privada e o trabalho Realisticamente, muitas vezes o burnout começa quando as pessoas passam demasiado tempo no trabalho. Muitas horas extra não planeadas, deadlines que obrigam a ficar só mais um pouco, levar trabalho para casa, receber chamadas e e